Escreva a sua pesquisa

Mostrar mensagens com a etiqueta Intestino. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Intestino. Mostrar todas as mensagens

22 de maio de 2015

Como manter o intestino saudável

sexta-feira, maio 22, 2015
O intestino humano possui dez vezes mais bactérias e 100 vezes mais material genético do que o total de células do nosso organismo, sendo habitat de aproximadamente 100 triliões de microorganismos. 
Contudo, os médicos costumam dizer que o intestino é como se fosse um segundo cérebro devido à sua importância no corpo humano.

Então, para mantermos o nosso intestino saudável precisamos de:
  • Aumentar o consumo de fibras (como por exemplo: farinha de soja, feijão, ervilha, flocos de aveia, linhaça, ameixa e arroz integral) - Ao consumir estas fibras diariamente, estas ajudam a desintoxicar e a reduzir o açúcar no corpo.
  • Beber bastante água - Quem consome muitas fibras, deve beber muita água diariamente para que esta ajude as fibras a andarem pelo intestino até criarem um bolo fecal.
  • Comer mais alimentos pro bióticos (como por exemplo: iogurtes naturais, magros e queijos) -  As bactérias que pertencem a este tipo de alimentos são bactérias boas que ajudam a manter a flora intestinal em equilíbrio. 
  • Praticar exercício físico - Os exercícios ajudam no fortalecimento dos músculos e na prisão do ventre.
  • Estabelecer um horário para ir à casa de banho - Neste ponto, mesmo que não tenhamos vontade, temos de ir à casa de banho para que o cérebro e o intestino se comecem a habituar aquela hora.
  • Mastigar bem os alimentos - Ao mastigarmos tudo com calma, vamos ajudar o trabalho do intestino porque quando acontecesse o contrário e comemos rápido, os órgãos precisam de trabalhar o dobro para digerir os alimentos todos e isso prejudica na evacuação.
  • Comer muita fruta - Devemos comer muita fruta mas sempre com casca (maças, pêras, ameixas, pêssegos) porque é na casca que se encontram as melhores fibras.
  • Controlar o nosso peso corporal
  • Fazer exames regularmente
  • Não fumar e não beber álcool em grande quantidade
Estas orientações são essenciais e devem ser mantidas durante a vida toda, não só para estabelecer a saúde intestinal, como também, para melhorar todos os mecanismos de defesas, energia, vitalidade, equilíbrio e o bom funcionamento de todo o organismo.

Para finalizar, recordo que existem vídeos na Internet que dão as melhores opiniões sobre este tema. Tive oportunidade de ver um, cujo título é “A importância de termos um intestino limpo e saudável”.

Curiosidades
  • A saúde depende do estado do intestino
  • O intestino mais limpo é o intestino de um bebé recém-nascido
  • Quem tem um intestino sujo tem mais facilidade para contrair cancros e pólipos
  • Uma pessoa que liberta gases tem um intestino mais limpo do que aquelas pessoas que os prendem
  • Tudo aquilo que ingerimos tem de ser deitado fora em 24 horas
  • Temos de ingerir água de boa qualidade para que o nosso intestino esteja limpo e saudável

20 de maio de 2015

Doença de Crohn

quarta-feira, maio 20, 2015

Todos nós gostamos de comer boas refeições, de ter a possibilidade de comer aquilo que mais gostamos e apreciar ao máximo as sensações que o nosso paladar nos providencia. Contudo, há certas doenças que podem limitar a nossa dieta, quando comemos algo estragado ou mal preparado o nosso estômago dá logo o alerta com nauseas, vómitos ou diarreia. As mais comuns são as gastroentrites, mas hoje vamos falar um pouco sobre uma doença não muito comum mas que começa com sintomas semelhantes, a doença de Crohn.

O QUE É A DOENÇA DE CROHN? 
A doença de Crohn é uma doença crónica (uma doença que não é tratada em pouco tempo) caracterizada por uma inflamação no tracto gastrointestinal (da boca até ao ânus). 

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA DOENÇA DE CROHN? 
Apesar de muita pesquisa por parte da comunidade científica, a causa exacta desta doença ainda é desconhecida, porém, vários estudos apontam para um número reduzido de factores que podem desplotar esta doença: 
  • Genes; 
  • O ambiente envolvente; 
  • Reação auto-imune; 
Outros estudos também indicam que é mais provável que a doença se desenvolva: 
  • Entre os 20 e os 30 anos; 
  • Em pessoas com familiares (normalmente irmãos ou pais) com a doença; 
  • Em fumadores; 
QUAIS SÃO OS SINAIS/SINTOMAS? 
Os sintomas mais comuns da doença de Crohn são: 
  • Diarreia; 
  • Dores abdominais; 
  • Perda de peso; 
  • Cansaço; 
  • Perda de apetite; 
  • Febre; 
COMO DIAGNOSTICAMOS A DOENÇA DE CROHN? 
  • Analisando o historial de família; 
  • Exame físico; 
  • Testes de laboratório; 
  • TAC; 
  • Endoscopia; 
COMO TRATAR A DOENÇA DE CROHN? 
Como se trata de uma doença crónica, os tratamentos são longos, não há uma cura específica, estes tratamentos apenas aliviam os sintomas e previnem reincidências, contudo os pacientes conseguem viver uma vida relativamente confortável. Os possíveis tratamentos são: 
  • Medicação; 
  • Cirurgia; 
  • Complementos nutricionais; 
Em casos extremos, o paciente apenas pode beber líquidos, tendo de receber nutrientes através de um catéter inserido na veia de um dos braços do paciente durante uns dias, de forma a limpar os intestinos; 

QUAIS AS COMPLICAÇÕES ASSOCIADAS À DOENÇA DE CROHN? 
  • Úlceras; 
  • Fissuras anais; 
  • Obstipação;
  • Inflamações noutras áreas do corpo (ex: pele, olhos, articulações); 
  • Má absorção de nutrientes; 
Pacientes com esta doença localizada no intestino grosso têm uma maior probabilidade de desenvolverem cancro do cólon, pelo que é muito importante ser seguido de perto pelo médico de forma a serem examinados regularmente. 

Para mais informações por favor consulte o seu médico, ou consulte o website da Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino (APDI): www.apdi.org.pt

Popular

Follow by Email