Escreva a sua pesquisa

12 de maio de 2015

L-Carnitina ajuda a perder peso?

terça-feira, maio 12, 2015

A L- Carnitina é uma substância que desempenha um papel importante no metabolismo da gordura, transportando os ácidos gordos de cadeia longa, para a mitocôndria, contribuindo assim para a combustão da gordura.

O metabolismo das gorduras nas células musculares pode ser melhorado com a ajuda da L- Carnitina. Desta forma, a energia produzida pelo músculo é também aumentada.

De qualquer das formas, o interesse da sociedade pela L- Carnitina tem aumentado de forma contínua, pois esta ajuda na perda de peso, mas o que a maior parte das pessoas não sabe é que a L-Carnitina está concentrada nos músculos - esquelético e cardíaco.

Esta serve para melhorar o condicionamento físico do indivíduo e ajudar a emagrecer, por facilitar o gasto da gordura acumulada durante a prática de exercícios físicos. Além disso, ela diminui o colesterol alto e os triglicerídeos, melhora o nível intelectual e fortalece o sistema imunológico.

Fontes de alimentos com L- Carnitina
Produtos de origem animal
  • Carnes vermelha e branca
  • Peixes
  • Leite
Forma de tomar L- Carnitina
  • Forma líquida
  • Cápsulas
  • Comprimidos

Contudo, recomenda-se tomar de 500 mg a 2 g de L-Carinitina por dia, de manhã ou antes dos treinos, sob orientação médica ou do nutricionista. Não há contra-indicações ao uso da L-Carnitina, porque esta não é uma substância tóxica. 

Mas, para quem não sabe, o corpo produz L-Carnitina naturalmente. Esse processo acontece através da Lisina, da Metionina, da Vitamina C, Vitamina B3, Vitamina B6 e do Ferro. Portanto, tecnicamente, ela não é considerada um "nutriente essêncial” mas esta não é produzida em grande quantidade. Por isso, para aumentar as suas potencialidades benéficas é recomendada a ingestão de suplementos com a substância.

Portanto, qualquer pessoa que queira começar a tomar L-Carnitina, não pode esperar que esta atue sozinha, porque apesar de ser eficaz, só o é com a prática constante de exercícios, uma dieta rígida e a ingestão correta da L- Carnitina.

11 de maio de 2015

FATSECRET: O que é e como funciona?

segunda-feira, maio 11, 2015


Com o Verão quase quase a bater à porta, começam as dietas, começam as idas ao ginásio, tudo para quando a época balnear arrancar estarmos prontos para deslumbrar na praia.

Contudo isto não é nada fácil, requer muito treino e rigor a seguir a dieta, caso contrário demora muito mais tempo até atingirmos a tal perfeição que tanto perseguimos. Pois bem, hoje o Saudavelmente dá uma ajudinha, um segredo vá, o “fatsecret”.

Mas o que é o FatSecret? Pois bem, trata-se de um ferramenta que se vai tornar no melhor amigo do leitor rapidamente! Podemos aceder pelo website www.fatsecret.pt, ou descarregar a aplicação móvel (disponível para iPhone, iPad, Android, BlackBerry e Windows).


O FatSecret permite calcular o número de calorias ingeridas ao longo do dia, basta só identificar o alimento consumido qualquer que ele tenha sido, desde marcas conhecidas até marcas pingo doce, continente ou marcas brancas, o FatSecret dá-lhe a informação com o máximo detalhe. Na eventualidade de não ter o alimento, facilmente se pode adicioná-lo. 

Mas a verdadeira beleza desta ferramenta é de facto quando nos registamos (registo gratuito), permite contabilizar as calorias que ingerimos diariamente, juntamente com os nossos programas de treino e como eles nos estão a ajudar a atingir os objectivos, dando-nos estatísticas que mostram a nossa evolução até atingirmos o nosso ambicionado objectivo, com exatidão e bastante facilidade em navegar no website e na aplicação mobile. Pode também interagir com a comunidade e receber ou dar dicas valiosas para alcançar o seu objectivo. 

O fatsecret também tem receitas maravilhosas e saudáveis. 

Dê uma olhadela em www.fatsecret.pt para mais informações.

8 de maio de 2015

Acne - Causas, sintomas e Tratamentos

sexta-feira, maio 08, 2015
O que é ?
O Acne é popularmente conhecida como "espinha". Este é uma inflamação do folículo pilossebáceo. É através deste folículo que o sebo faz o seu percurso das glândulas sebáceas (onde é produzido) até a pele.
É, também, uma doença de pele vulgar, caracterizada por áreas de vermelhidão e crostas, pontos negros e brancos, pápulas, espinhas ou borbulhas e cicatrização cutânea. É uma condição da pele que ocorre quando os folículos pilosos da pele ficam obstruídos por sebo e células mortas, ficando colonizados por bactérias que geram inflamação. 
O Acne mais comum aparece no rosto, pescoço, peito, costas e ombros.

Tipos de Acne
Acne do Recém-nascido - Os recém-nascidos desenvolvem acne leve, pois certas hormonas são passadas para eles através da placenta pelas mães, pouco antes do nascimento. 
Também pode existir stress do parto que faz com que o bebé liberte hormonas. Estas marcas do acne, por ser um acne leve, desaparece rapidamente. 

Acne Infantil -  Entre os três meses e um ano e meio de idade pode desenvolver-se acne podendo aparecer pontos negros e espinhas. Nenhum destes tipos de acne deixam marcas porque a pele ainda se vai modificar nesta idade. A causa é a libertação elevada de níveis hormonais. 

Acne Vulgar - Este é o tipo mais comum do acne aparecendo apenas em adolescentes e adultos. 

Acne Cística - Este acne é um tipo de acne mais raro. Ocorre, na maior parte das vezes em adolescentes de sexo masculino evidenciando-se no rosto, costas, peito, braços, e coxas. É um acne mais difícil de tratar e quase sempre deixa cicatrizes. 

Acne Fulminante - É uma forma grave de acne que ocorre mais em meninos adolescentes. No acne fulminante, um grande número de espinhas desenvolve-se muito rapidamente nas costas e no peito. Essas espinhas muitas vezes deixam cicatrizes graves. Pessoas com acne fulminante muitas vezes sofrem com febre, dor muscular e óssea.

Causas 
A acne mais comum é o tipo que se desenvolve durante a adolescência, onde as principais causas são: 
  • A puberdade, que faz com que os níveis hormonais fiquem elevados, especialmente a testosterona. Estas hormonas estimulam as glândulas da pele, que começam a produzir mais óleo (sebo). 
  • A superprodução de sebo na pele e a concentração de células mortas nos folículos pilosos da pele. Esses fatores resultam em obstrução, com acumulo de bactérias e inflamação. 
Os folículos pilosos estão ligados a glândulas sebáceas, que escondem uma substância oleosa, conhecida como sebo, para lubrificar o seu cabelo e pele. Quando o corpo produz uma quantidade excessiva de sebo e células mortas da pele, os dois podem se acumular nos folículos pilosos, criando um ambiente onde as bactérias podem prosperar. 

Esse cenário pode fazer com que o folículo se torne inchado e inflamado, acumulando pus, formando a espinha. Também pode acontecer de o folículo se abrir e escurecer, gerando um cravo. 

A acne piora com: 
  • Hormonas, que aumentam em meninos e meninas durante a puberdade, fazendo as glândulas sebáceas ampliarem e produzirem mais sebo. Alterações hormonais relacionadas com a gravidez e o uso de contracetivos orais também pode afetar a produção de sebo.
  • Certos medicamentos, como os corticoides, andrógenos ou a base de lítio são conhecidos por causar acne.
  • Fatores dietéticos, incluindo ingestão excessiva de produtos lácteos e alimentos ricos em carboidratos - como pães, biscoitos e batatas fritas - pode desencadear acne.
Mitos 
Quase todos os adolescentes deixam de comer chocolate porque pensam e ouvem que isso afeta a acne. Mas é totalmente mentira. Alimentos gordurosos e chocolate têm pouco ou nenhum efeito sobre o desenvolvimento ou curso da acne. 

Também se diz que se deve lavar a cara com sabonete neutro para retirar o lixo que provoca acne, mas também não é uma teoria inteiramente correta. A acne não é causada pela sujidade. Na verdade, esfregar a pele com muita força ou a limpeza com sabonetes abrasivos e produtos químicos irrita a pele e pode piorar a acne. Fazer uma simples limpeza da pele para remover o excesso de óleo e células mortas é tudo o que é necessário.

Sintomas 
A acne desenvolve-se mais na cara, pescoço, peito, ombros e costas e pode variar de leve para grave. 
Existem certos tipos de acne que podem durar meses, anos ou, infelizmente, a vida toda. 
Geralmente, a acne provoca apenas espinhas e cravos. Às vezes, pode evoluir para cistos e nódulos. As lesões císticas são espinhas que são grandes e profundas, muitas vezes dolorosas e que podem deixar cicatrizes na pele. 
A acne pode levar à baixa autoestima e, por vezes, á depressão. Essas condições necessitam de tratamento, juntamente com o da acne em si.

Tratamento Médico 
Especialistas que podem diagnosticar e tratar acne são: 
  • Dermatologistas 
O dermatologista fará um exame físico e irá perguntar sobre o seu histórico médico. Na maioria das vezes, não serão feitos testes especiais para acne. Pode ser que o médico peça outros exames, se suspeitar que a acne é um sintoma de outro problema médico. 

O tratamento da acne inclui: 
  • Cremes tópicos de venda livre 
  • Cremes tópicos disponíveis com prescrição 
  • Antibióticos, que podem ser combinados com outros produtos tópicos ou orais 
  • Contracetivos orais 
  • Isotretinoína oral 
  • Procedimentos cosméticos
Tratamentos Caseiros 
Deixo aqui duas receita caseira para o tratamento da acne. 

CREME DE PEPINO
Ingredientes: 
  • Um pepino 
  • Uma colher de sopa de açúcar mascavado 
Preparação: 
  • Cortar o pepino em rodelas e amassar bem até virar um creme, coar e juntar o açúcar. Misturar bem. 
  • Passar no rosto e no resto das áreas em que houver acnes. 
  • O Pepino também é indicado para melhorar a pele de modo geral, fazendo-se compressas com o pepino, a pele fica tonificada, sem manchas e até previne o surgimento de rugas. 
COMPRESSA DE SALSA 
Ingredientes: 
  • Meio litro de água 
  • Três colheres de chá de folhas de salsa
Detalhe: as folhas devem ser bem picadas 

Preparação: 
  • Ferver a água, desligar o fogo e acrescentar a salsa. Deixar abafado por dez minutos, coar e deixar esfriar. 
  • Quando esfriar, umedeça compressas de algodão ou compressas de gaze e coloque no rosto e nas áreas afetadas.

4 de maio de 2015

Raquitismo: Causas, Sintomas e Tratamentos

segunda-feira, maio 04, 2015
Caracteriza-se por malformação óssea que atinge bebés e crianças devido à deficiente calcificação.
A carência em vitamina D compromete a formação dos ossos e das cartilagens retardando o crescimento e raramente há uma cura absoluta.
Estas crianças chegam à idade adulta sempre com sequelas, com uma estatura baixa das pernas, com aspecto arqueado.

Sintomas
Os primeiros sinais de raquitismo só são detectados quando a criança começa a andar. Os sintomas principais são sudação profusa, as deformidades ósseas, especialmente as epífises dos ossos longos e pernas em arco.

Tratamento
A medicina convencional receita muitas vezes óleo de fígado de bacalhau e suplementos vitaminicos ricos em vitamina D. A prevenção do raquitismo faz-se pela exposição aos raios solares e uma alimentação rica em leite, ovos, cereais integrais, frutas, legumes, mel e levedura de cerveja. A prevenção tende a impedir a progressão da doença e a diminuir-lhe os efeitos.

Nota: Em substituição do óleo de fígado de bacalhau, pouco tolerado pelas crianças devido ao seu gosto activo, como prevenção do raquitismo, é muito bom dar às crianças uma mistura de mel com manteiga.
  • Receita: Misturam-se duas partes de manteiga e uma de mel, bate-se bem a mistura até formar uma pasta. Barra-se o pão com este preparado e as crianças comem com prazer.

Tratamentos Naturais
Hortaliças
  • Couve e Cenoura: Misture-os e inclua-os na alimentação.
  • Agrião: Faça um sumo de agrião e dilua-o em água- Tome 250 ml de manhã em jejum.
  • Alcachofra: Duas vezes por semana inclua esta hortaliça na alimentação da criança.
  • Rábano: Deverá tomar um copo de sumo de rábano diluído, 2 vezes por dia.
  • Tomate: Deve incluir na alimentação, na forma de salada e também pode fazer sumo de tomate e tomar cerca de meia hora antes do almoço, 250 ml de sumo.
Frutas
  • Laranja-Lima: Faça uma refeição exclusiva desta fruta, 3 vezes por semana.
  • Castanha do Pará: Ingerir 4 unidades junto às refeições.

26 de abril de 2015

Beber água ás refeições

domingo, abril 26, 2015

Sabia que está comprovador que as pessoas bebem mais água quando esta tem sabor? E que com o envelhecimento, a sensação de sede diminui possibilitando assim um maior risco de desidratação?

Como é de senso comum, ingerir água é um essencial à nossa sobrevivência, mas mesmo assim é fácil encontrar casos de desidratação, principalmente nas crianças e idosos.
Isto deve e pode ser evitado, pois é uma das causas da má qualidade de vida. Por vezes sintomas como cansaço, pele seca, cieiro e dores de cabeça, podem ser associados à falta de água no nosso organismo, e por vezes são confundidos com outras possíveis doenças.
A estratégia de beber vários copos de água ao dia, por vezes não resulta, devido a difícil implementação no dia a dia de cada pessoa. Ora porque se esqueceu de levar uma garrafa de água para o trabalho, ora porque tem muito afazeres, e beber água só é prioridade quando sente realmente sede. E sentir sede já é um sintoma de desidratação!

Por isso as refeições são o momento ideal do dia para beber água.

Se ingerir dois copos de água a cada refeição (Almoço/Jantar), e um copo ao acordar e deitar, já terá obtido uma parte significativa da recomendação diária para a ingestão de líquidos (cerca de 1,5-2 litros).

Uma das formas para camuflar a ingestão de água na sua forma natural, é adicionando umas gotas de limão, chá ou beber águas com sabor. Evite a ingestão de álcool, sumos naturais e refrigerantes.

Popular

Follow by Email