Escreva a sua pesquisa

8 de maio de 2015

Acne - Causas, sintomas e Tratamentos

O que é ?
O Acne é popularmente conhecida como "espinha". Este é uma inflamação do folículo pilossebáceo. É através deste folículo que o sebo faz o seu percurso das glândulas sebáceas (onde é produzido) até a pele.
É, também, uma doença de pele vulgar, caracterizada por áreas de vermelhidão e crostas, pontos negros e brancos, pápulas, espinhas ou borbulhas e cicatrização cutânea. É uma condição da pele que ocorre quando os folículos pilosos da pele ficam obstruídos por sebo e células mortas, ficando colonizados por bactérias que geram inflamação. 
O Acne mais comum aparece no rosto, pescoço, peito, costas e ombros.

Tipos de Acne
Acne do Recém-nascido - Os recém-nascidos desenvolvem acne leve, pois certas hormonas são passadas para eles através da placenta pelas mães, pouco antes do nascimento. 
Também pode existir stress do parto que faz com que o bebé liberte hormonas. Estas marcas do acne, por ser um acne leve, desaparece rapidamente. 

Acne Infantil -  Entre os três meses e um ano e meio de idade pode desenvolver-se acne podendo aparecer pontos negros e espinhas. Nenhum destes tipos de acne deixam marcas porque a pele ainda se vai modificar nesta idade. A causa é a libertação elevada de níveis hormonais. 

Acne Vulgar - Este é o tipo mais comum do acne aparecendo apenas em adolescentes e adultos. 

Acne Cística - Este acne é um tipo de acne mais raro. Ocorre, na maior parte das vezes em adolescentes de sexo masculino evidenciando-se no rosto, costas, peito, braços, e coxas. É um acne mais difícil de tratar e quase sempre deixa cicatrizes. 

Acne Fulminante - É uma forma grave de acne que ocorre mais em meninos adolescentes. No acne fulminante, um grande número de espinhas desenvolve-se muito rapidamente nas costas e no peito. Essas espinhas muitas vezes deixam cicatrizes graves. Pessoas com acne fulminante muitas vezes sofrem com febre, dor muscular e óssea.

Causas 
A acne mais comum é o tipo que se desenvolve durante a adolescência, onde as principais causas são: 
  • A puberdade, que faz com que os níveis hormonais fiquem elevados, especialmente a testosterona. Estas hormonas estimulam as glândulas da pele, que começam a produzir mais óleo (sebo). 
  • A superprodução de sebo na pele e a concentração de células mortas nos folículos pilosos da pele. Esses fatores resultam em obstrução, com acumulo de bactérias e inflamação. 
Os folículos pilosos estão ligados a glândulas sebáceas, que escondem uma substância oleosa, conhecida como sebo, para lubrificar o seu cabelo e pele. Quando o corpo produz uma quantidade excessiva de sebo e células mortas da pele, os dois podem se acumular nos folículos pilosos, criando um ambiente onde as bactérias podem prosperar. 

Esse cenário pode fazer com que o folículo se torne inchado e inflamado, acumulando pus, formando a espinha. Também pode acontecer de o folículo se abrir e escurecer, gerando um cravo. 

A acne piora com: 
  • Hormonas, que aumentam em meninos e meninas durante a puberdade, fazendo as glândulas sebáceas ampliarem e produzirem mais sebo. Alterações hormonais relacionadas com a gravidez e o uso de contracetivos orais também pode afetar a produção de sebo.
  • Certos medicamentos, como os corticoides, andrógenos ou a base de lítio são conhecidos por causar acne.
  • Fatores dietéticos, incluindo ingestão excessiva de produtos lácteos e alimentos ricos em carboidratos - como pães, biscoitos e batatas fritas - pode desencadear acne.
Mitos 
Quase todos os adolescentes deixam de comer chocolate porque pensam e ouvem que isso afeta a acne. Mas é totalmente mentira. Alimentos gordurosos e chocolate têm pouco ou nenhum efeito sobre o desenvolvimento ou curso da acne. 

Também se diz que se deve lavar a cara com sabonete neutro para retirar o lixo que provoca acne, mas também não é uma teoria inteiramente correta. A acne não é causada pela sujidade. Na verdade, esfregar a pele com muita força ou a limpeza com sabonetes abrasivos e produtos químicos irrita a pele e pode piorar a acne. Fazer uma simples limpeza da pele para remover o excesso de óleo e células mortas é tudo o que é necessário.

Sintomas 
A acne desenvolve-se mais na cara, pescoço, peito, ombros e costas e pode variar de leve para grave. 
Existem certos tipos de acne que podem durar meses, anos ou, infelizmente, a vida toda. 
Geralmente, a acne provoca apenas espinhas e cravos. Às vezes, pode evoluir para cistos e nódulos. As lesões císticas são espinhas que são grandes e profundas, muitas vezes dolorosas e que podem deixar cicatrizes na pele. 
A acne pode levar à baixa autoestima e, por vezes, á depressão. Essas condições necessitam de tratamento, juntamente com o da acne em si.

Tratamento Médico 
Especialistas que podem diagnosticar e tratar acne são: 
  • Dermatologistas 
O dermatologista fará um exame físico e irá perguntar sobre o seu histórico médico. Na maioria das vezes, não serão feitos testes especiais para acne. Pode ser que o médico peça outros exames, se suspeitar que a acne é um sintoma de outro problema médico. 

O tratamento da acne inclui: 
  • Cremes tópicos de venda livre 
  • Cremes tópicos disponíveis com prescrição 
  • Antibióticos, que podem ser combinados com outros produtos tópicos ou orais 
  • Contracetivos orais 
  • Isotretinoína oral 
  • Procedimentos cosméticos
Tratamentos Caseiros 
Deixo aqui duas receita caseira para o tratamento da acne. 

CREME DE PEPINO
Ingredientes: 
  • Um pepino 
  • Uma colher de sopa de açúcar mascavado 
Preparação: 
  • Cortar o pepino em rodelas e amassar bem até virar um creme, coar e juntar o açúcar. Misturar bem. 
  • Passar no rosto e no resto das áreas em que houver acnes. 
  • O Pepino também é indicado para melhorar a pele de modo geral, fazendo-se compressas com o pepino, a pele fica tonificada, sem manchas e até previne o surgimento de rugas. 
COMPRESSA DE SALSA 
Ingredientes: 
  • Meio litro de água 
  • Três colheres de chá de folhas de salsa
Detalhe: as folhas devem ser bem picadas 

Preparação: 
  • Ferver a água, desligar o fogo e acrescentar a salsa. Deixar abafado por dez minutos, coar e deixar esfriar. 
  • Quando esfriar, umedeça compressas de algodão ou compressas de gaze e coloque no rosto e nas áreas afetadas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário.

Popular

Follow by Email