Escreva a sua pesquisa

28 de maio de 2015

Como Aliviar a dor de garganta?

quinta-feira, maio 28, 2015
Basta chegar o inverno para as doenças típicas da estação começarem a aparecer, como é o caso da gripe, faringite, laringite e até o resfriado. Estes são alguns problemas mas que têm um sintoma comum e muito incômodo - a dor de garganta. Seja uma dor aguda ou a garganta arranhada, essas sensações indicam que há algo de errado e tem uma doença a instalar-se. Por ser um sintoma comum e bastante doloroso, a dor de garganta tem alguns velhos companheiros, conhecidos pela sua efetividade no tratamento e cura das doenças. Entretanto, esses truques dão apenas um alívio para a garganta, sem influenciar no tratamento da inflamação ou outra condição existente. 

Num grande número de casos, a origem da dor de garganta está em infeções virais ou bacterianas, sendo manifestações típicas de gripes e constipações. Outras causas e/ou fatores agravantes possíveis são o tabagismo, a reduzida ingestão de água e o esforço constante da voz. Evidencia-se também o mal-estar consequente ao refluxo gastro esofágico, que provoca a subida do ácido do estômago até ao esófago e que, ao atingir a garganta, provoca dor. Por fim, a ingestão de bebidas demasiado frias ou demasiado quentes, revela-se um hábito do dia-a-dia capaz de tornar as mucosas da garganta mais vulneráveis à entrada de vírus e bactérias. 

Existem assim algumas medidas para aliviar a dor de garganta
1. Hexamidina em spay (analgésico que alivia a dor);
2. Própolis (possui uma ação anti-inflamatória);
3. Gengibre (anti-inflamatório);
4. Chás (beber sempre morno porque o quente piora as dores);
5. Maça e frutas cítricas (são compostas por antioxidantes);
6. Menta (aumenta a salivação e alivia os sintomas);
7. Gargarejo (com água morna para auxiliar no tratamento da doença);
8. Misturas caseiras (existem algumas que irei abordar mais à frente);
9. Sopa razoavelmente quente (fornece nutrientes e líquidos);
10. Evitar alimentos açucarados;
11. Evitar gelados e lacticínios exageradamente frescos;
12. Descansar o máximo que puder;
13. Xarope para a tosse;

Como sabem, muitas pessoas, normalmente as que têm mais experiência de vida, curam as dores de garganta com remédios caseiros, tais como:
  • Gargarejo com água morna e sal;
  • Gargarejo com água e alho picado;
  • Respirar vapor de menta;
  • Beber mel e limão;
  • Gotas de extrato de própolis num copo com sumo;
  • Pastilhas de alívio da dor e tratamento;
  • Ingerir muitos líquidos para mantermos o nosso corpo hidratado;
  • Comer canja de galinha durante uns dias seguidos;
  • Maça com mel;
  • Chá com gengibre;
  • Gargarejo com água morna e limão;
  • Chá de alho;
  • Gargarejo de bicabornato;
  • Picar cebola e deixá-la no quarto durante a noite;
  • Sumo de toranja;
  • Vinagre de maça;
  • Coma canela pois é rica em antioxidantes;
Nos tempos mais frios, temos de evitar sair à rua sem um cachecol pois isso protege o nosso pescoço para o frio que possamos apanhar. 
No entanto, nem todos os remédios caseiros e métodos de alívio da dor resultam da mesma maneira em todas as pessoas, por isso, se a dor de garganta for constante e ultrapassar os 3/5 dias é necessário ir ao médico.

27 de maio de 2015

Alimentos que ajudam a controlar o Colesterol

quarta-feira, maio 27, 2015
O que é o colesterol?
O colesterol é uma gordura essencial existente no nosso organismo, que tem duas origens: uma parte produzida pelo próprio organismo, em particular o fígado, e outra parte obtida através da alimentação, em particular pela ingestão de produtos animais, como a carne, os ovos, e os produtos lácteos.

O organismo necessita de colesterol para produzir as membranas (paredes) celulares, hormonas, vitamina D e ácidos biliares, que ajudam a digerir os alimentos. No entanto, o nosso organismo necessita de apenas uma pequena quantidade de colesterol para satisfazer as suas necessidades. 

O colesterol circula no sangue ligado a uma proteína: este conjunto de colesterol - proteína é, por isso, conhecido por lipoproteína. As lipoproteínas são classificadas em altas, baixas ou muito baixas, em função da respetiva proporção de proteína e gordura em cada uma, o que determina a sua densidade.

Existem alguns tipos de colesterol, tais como:
  • Lipoproteínas de baixa densidade (LDL): são vulgarmente conhecidas como «mau» colesterol, por ser aquele que se deposita na parede das artérias, provocando aterosclerose. Quanto mais altas forem as LDL no sangue, maior é o risco de doença cardiovascular.
  • Lipoproteínas de alta densidade (HDL): também conhecidas por colesterol «bom», que tem como papel a limpeza das artérias, pelo que quanto mais altas forem menor risco há para o surgimento de doenças cardiovasculares.
  • Lipoproteínas de muito baixa densidade (VLDL): são semelhantes às LDL, mas contendo mais gordura e menos proteínas.
  • Triglicerídeos: são um outro tipo de gordura que circula no sangue ligada às VLDL. Uma alimentação excessivamente rica em calorias, açúcares ou álcool eleva os triglicerídeos, aumentando o risco cardiovascular.
Há alguns alimentos que ajudam a controlar o colesterol, que são:
  • Peixes (ricos em ómega 3, como o salmão, atum e truta);
  • Aveia (diminui as concentrações de colesterol total);
  • Nozes e Castanhas (apresentam antioxidantes);
  • Chocolate negro (rico em substâncias que diminuem o LDL);
  • Azeite (regula as taxas do colesterol);
  • Alcachofra (diminui os níveis de colesterol);
  • Laranja (limita a absorção do colesterol no intestino);
  • Vinho (promove a elevação de colesterol bom);
  • Linhaça (rico em ómega 3);
  • Canela (combate o colesterol);
  • Soja (protege o coração);
  • Açaí (contribui na prevenção de doenças cardiovasculares);
  • Chá (protege contra a formação de coágulos no sangue);
  • Frutas vermelhas (controlam o colesterol);
No entanto, o colesterol traz muitos riscos para a saúde e convém saber como e porquê
Assim, o colesterol, quando em excesso no sangue, pode depositar-se nas paredes das artérias, fazendo com que o sangue tenha dificuldade em passar através delas. A passagem do sangue através das artérias é fundamental para a oxigenação dos tecidos e do próprio coração, o qual fornece a força para que o sangue circule. 
Já pensou o mal que o calcário pode fazer a uma canalização? O colesterol pode provocar danos semelhantes às suas artérias. A diferença é que não as pode substituir por mais dinheiro que tenha para despender. Uma vez danificadas vai ter de viver com elas assim.

23 de maio de 2015

Os benefícios da Goji Berry

sábado, maio 23, 2015
Goji berry é o nome dos frutos da planta Lycium barbarum. Ao goji berry são atribuídas muitas propriedades medicinais, pois esta, é uma fruta rica em aminoácidos e vitaminas. A planta é originária das montanhas do Tibete, e é uma fruta típica da Ásia. 
Esta fruta possui 50 vezes mais vitamina C do que a laranja e é a maior fonte conhecida de carotenoides.

Nutrientes de GojiBerry
  • 19 Aminoácidos - Estes ajudam a formar as proteínas, incluindo os oito "essenciais", que não são produzidos no nosso corpo.
  • 21 Minerais - Nestes minerais está incluído o mineral germânio, considerado em estudos como tendo atividade anticancerígena. 
  • Carotenoides antioxidantes - Destes Carotenoides, destaca-se o betacaroteno e zeaxantina, protetor dos olhos.
  • 2500mg de Vitamina C por 100g da fruta
  • Vitaminas B1, B2 e B6
  • Beta-sisterol - Tem como função anti-inflamatória, mas também ajuda a equilibrar os níveis de colesterol, podendo ser usado no tratamento de impotência sexual e atua na prevenção de doenças da próstata.
  • Ácidos graxos essenciais - Que são necessários para síntese de hormonas e regulam o funcionamento do cérebro e do sistema nervoso. 
  • Cyperone - É um fito-nutriente que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea.
  • Fisalina - Usado nos transtornos causados pela hepatite B. 
  • Betaína - Usada pelo fígado para produzir colina e protege a célula a nível de DNA.
  • Rica em Polissacarídeos
  • Arginina e glutamina - Que auxiliam na liberação de hormonas do crescimento. 
  • Fitoquímicos - Atuam como substâncias anti-cancerígenas.
  • Triptofano - Um aminoácido precursor de serotonina, que leva ao estado de bom-humor, alegria e satisfação. 
A GojiBerry ajuda a emagrecer e melhora o sistema imunológico. Este também diminui a celulite, tem ação anti-cancerígena e previne doenças cardiovasculares.
Este fruto tem alguns benefícios associados, tais como:
  • Ajuda a emagrecer
  • Diminui a celulite
  • Melhora o sistema imunológico
  • Melhora a visão
  • Protege a pele
  • Tem ações anti-cancerígenas
  • Previne doenças cardiovasculares
  • Protege o cérebro
  • Proporciona bem-estar
  • Tem ações antioxidantes
  • Previne diabetes
  • Combate o envelhecimento
  • Aumenta o nível de energia
  • Possui propriedades anti-inflamatórias
Qual a quantidade diária recomendada?
Duas colheres de sopa ao dia ou 150 ml do seu sumo. Ela pode ser incluída no lugar de outra fruta, preferencialmente pela manhã.

Com este fruto exótico podemos fazer algumas receitas interessantes, tais como, uma mousse de goji berry; um chá do mesmo e até uma salada de goji berry.

Existe até um mito muito interessante sobre o consumo desta fruta:
Existe uma lenda na Ásia que diz que um homem chinês consumiu o Goji Berry todos os dias ao longo da sua vida e viveu por 256 anos.

Esta longevidade fora dos padrões atuais seria consequência do alto poder antioxidante da fruta, mas ninguém sabe se esta história é verdadeira ou apenas um mito, mas o fato é que os benefícios que ele traz à saúde são tantos que torna-se quase obrigatório incluí-lo na sua dieta.

No entanto, como todas sabem, tudo o que for consumido em exagero traz complicações. Por isso, é necessário precaução com o consumo excessivo da fruta, principalmente em função da alta concentração de vitamina C. A máxima ingestão diária dessa substância não deve ultrapassar 2000 mg e o seu excesso por longos períodos de tempo pode causar problemas, tais como:
  • Cálculos renais
  • Distúrbios gastrointestinais
  • Incómodo na bexiga.
Estudos apontaram que o excesso também pode ser perigoso em virtude da interação dos princípios do goji com medicamentos, como anticoagulantes ou fármacos para o controle glicêmico e de pressão. Para não ter problemas, quantidades superiores a 45 gramas por dia devem ser evitadas.

22 de maio de 2015

Como manter o intestino saudável

sexta-feira, maio 22, 2015
O intestino humano possui dez vezes mais bactérias e 100 vezes mais material genético do que o total de células do nosso organismo, sendo habitat de aproximadamente 100 triliões de microorganismos. 
Contudo, os médicos costumam dizer que o intestino é como se fosse um segundo cérebro devido à sua importância no corpo humano.

Então, para mantermos o nosso intestino saudável precisamos de:
  • Aumentar o consumo de fibras (como por exemplo: farinha de soja, feijão, ervilha, flocos de aveia, linhaça, ameixa e arroz integral) - Ao consumir estas fibras diariamente, estas ajudam a desintoxicar e a reduzir o açúcar no corpo.
  • Beber bastante água - Quem consome muitas fibras, deve beber muita água diariamente para que esta ajude as fibras a andarem pelo intestino até criarem um bolo fecal.
  • Comer mais alimentos pro bióticos (como por exemplo: iogurtes naturais, magros e queijos) -  As bactérias que pertencem a este tipo de alimentos são bactérias boas que ajudam a manter a flora intestinal em equilíbrio. 
  • Praticar exercício físico - Os exercícios ajudam no fortalecimento dos músculos e na prisão do ventre.
  • Estabelecer um horário para ir à casa de banho - Neste ponto, mesmo que não tenhamos vontade, temos de ir à casa de banho para que o cérebro e o intestino se comecem a habituar aquela hora.
  • Mastigar bem os alimentos - Ao mastigarmos tudo com calma, vamos ajudar o trabalho do intestino porque quando acontecesse o contrário e comemos rápido, os órgãos precisam de trabalhar o dobro para digerir os alimentos todos e isso prejudica na evacuação.
  • Comer muita fruta - Devemos comer muita fruta mas sempre com casca (maças, pêras, ameixas, pêssegos) porque é na casca que se encontram as melhores fibras.
  • Controlar o nosso peso corporal
  • Fazer exames regularmente
  • Não fumar e não beber álcool em grande quantidade
Estas orientações são essenciais e devem ser mantidas durante a vida toda, não só para estabelecer a saúde intestinal, como também, para melhorar todos os mecanismos de defesas, energia, vitalidade, equilíbrio e o bom funcionamento de todo o organismo.

Para finalizar, recordo que existem vídeos na Internet que dão as melhores opiniões sobre este tema. Tive oportunidade de ver um, cujo título é “A importância de termos um intestino limpo e saudável”.

Curiosidades
  • A saúde depende do estado do intestino
  • O intestino mais limpo é o intestino de um bebé recém-nascido
  • Quem tem um intestino sujo tem mais facilidade para contrair cancros e pólipos
  • Uma pessoa que liberta gases tem um intestino mais limpo do que aquelas pessoas que os prendem
  • Tudo aquilo que ingerimos tem de ser deitado fora em 24 horas
  • Temos de ingerir água de boa qualidade para que o nosso intestino esteja limpo e saudável

21 de maio de 2015

Como combater a Gordura Localizada?

quinta-feira, maio 21, 2015
"Na maioria das vezes, este acúmulo de gordura vem da ingestão de carboidratos simples, presentes em pães, massas, doces, refrigerantes, e bebidas alcoólicas", afirma a nutricionista Tamara Mazaracki. 
O que é a gordura localizada? Como é que ela se forma?
A gordura pode tornar-se localizada em alguns lugares específicos do corpo. Os mais comuns são: região abdominal e flancos e região ginóide (coxas e quadris).
A gordura da região abdominal forma-se quando a pessoa não faz dieta repartida, ou seja, não come de três em três horas. Isso acontece porque o organismo armazena gordura para os momentos que este necessita, (de fome ou escassez), e assim ocorre a formação de gordura na região dos flancos e região abdominal.
A acumulação de gordura na região ginóide é mais comum em mulheres do que em homens. 

Contudo, esta acumulação é causada pelo desequilíbrio entre estrogénio, progesterona, testosterona. As hormonas femininas (estrogenio, progesterona) são os principais causadores da gordura localizada nas coxas e quadris. Estas hormonas interferem no metabolismo das gorduras, na circulação linfática, e ainda facilitam a retenção de água e sal. 

No entanto, estas coordenam a deposição de gordura no abdómen, quadril e coxas para dar ao corpo o aspeto feminino.

Alguns pontos para que saiba como evitar a gordura localizada:
  • Comer de três em três horas
  • Consumir alimentos de baixa carga glicêmica (batata-doce, maça)
  • Comer frutas, verduras, legumes
  • Evitar comidas gordurosas e industrializadas
  • Fazer exercício físico com regularidade
7 Alimentos que ajudam na perda de gordura localizada:
  • Peixes e Frutos do Mar (salmão, atum, peixe cavala)
  • Óleo de Coco
  • Alimentos Probióticos (iogurtes naturais)
  • Abacate
  • Frutos vermelhos (amoras, morangos)
  • Chá Verde
  • Azeite
  • Linhaça
  • Chia
A alimentação diária tem de ser rica em fibras para que a gordura localizada vá sendo eliminada.

Também se pode praticar exercício para acabar com a gordura localizada na barriga e coxas:
  • Abdominais
  • Corrida
  • Ciclismo
  • Musculação
  • Pilates
  • Ginástica Localizada
  • Ginástica Funcional
  • Exercícios aeróbicos
Embora todos esses exercícios tenham de ser intervalados para que o corpo tenha descanso, por não estar habituado a essa rotina.

Existem, claro, tratamentos estéticos embora não resultem da mesma maneira que a alimentação saudável e os exercícios porque os tratamentos não vão eliminar as células de gordura mas sim, fazê-las diminuir de tamanho sem se multiplicarem por uns tempos.

Com a alimentação e os exercícios regulares, a gordura localizada acaba por ser eliminada totalmente, num determinado espaço de tempo, embora vá depender de pessoa para pessoa.

Posto isto, mantenha uma alimentação saudável e equilibrada e inclua na sua alimentação alimentos ricos em Ómega 3. Esses hábitos, aliados a exercícios físicos frequentes, trarão resultados surpreendentes na perda de gordura corporal, em especial, a gordura localizada.

20 de maio de 2015

Doença de Crohn

quarta-feira, maio 20, 2015

Todos nós gostamos de comer boas refeições, de ter a possibilidade de comer aquilo que mais gostamos e apreciar ao máximo as sensações que o nosso paladar nos providencia. Contudo, há certas doenças que podem limitar a nossa dieta, quando comemos algo estragado ou mal preparado o nosso estômago dá logo o alerta com nauseas, vómitos ou diarreia. As mais comuns são as gastroentrites, mas hoje vamos falar um pouco sobre uma doença não muito comum mas que começa com sintomas semelhantes, a doença de Crohn.

O QUE É A DOENÇA DE CROHN? 
A doença de Crohn é uma doença crónica (uma doença que não é tratada em pouco tempo) caracterizada por uma inflamação no tracto gastrointestinal (da boca até ao ânus). 

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA DOENÇA DE CROHN? 
Apesar de muita pesquisa por parte da comunidade científica, a causa exacta desta doença ainda é desconhecida, porém, vários estudos apontam para um número reduzido de factores que podem desplotar esta doença: 
  • Genes; 
  • O ambiente envolvente; 
  • Reação auto-imune; 
Outros estudos também indicam que é mais provável que a doença se desenvolva: 
  • Entre os 20 e os 30 anos; 
  • Em pessoas com familiares (normalmente irmãos ou pais) com a doença; 
  • Em fumadores; 
QUAIS SÃO OS SINAIS/SINTOMAS? 
Os sintomas mais comuns da doença de Crohn são: 
  • Diarreia; 
  • Dores abdominais; 
  • Perda de peso; 
  • Cansaço; 
  • Perda de apetite; 
  • Febre; 
COMO DIAGNOSTICAMOS A DOENÇA DE CROHN? 
  • Analisando o historial de família; 
  • Exame físico; 
  • Testes de laboratório; 
  • TAC; 
  • Endoscopia; 
COMO TRATAR A DOENÇA DE CROHN? 
Como se trata de uma doença crónica, os tratamentos são longos, não há uma cura específica, estes tratamentos apenas aliviam os sintomas e previnem reincidências, contudo os pacientes conseguem viver uma vida relativamente confortável. Os possíveis tratamentos são: 
  • Medicação; 
  • Cirurgia; 
  • Complementos nutricionais; 
Em casos extremos, o paciente apenas pode beber líquidos, tendo de receber nutrientes através de um catéter inserido na veia de um dos braços do paciente durante uns dias, de forma a limpar os intestinos; 

QUAIS AS COMPLICAÇÕES ASSOCIADAS À DOENÇA DE CROHN? 
  • Úlceras; 
  • Fissuras anais; 
  • Obstipação;
  • Inflamações noutras áreas do corpo (ex: pele, olhos, articulações); 
  • Má absorção de nutrientes; 
Pacientes com esta doença localizada no intestino grosso têm uma maior probabilidade de desenvolverem cancro do cólon, pelo que é muito importante ser seguido de perto pelo médico de forma a serem examinados regularmente. 

Para mais informações por favor consulte o seu médico, ou consulte o website da Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino (APDI): www.apdi.org.pt

19 de maio de 2015

Como lidar com o Sonanbulismo?

terça-feira, maio 19, 2015
O que é o sonambulismo?
O sonambulismo é um transtorno do sono que, consiste basicamente em levantar-se da cama, andar ou praticar algum tipo de atividade enquanto ainda está a dormir. Em termos médicos, o sonambulismo é um distúrbio do sono em que as funções motoras da pessoa despertam, mas a sua consciência permanece inativa. Trata-se, portanto, de um despertar desequilibrado do cérebro.
Estima-se que cerca de 1 a 15% da população mundial tenha tido pelo menos um episódio de sonambulismo.
Por ser muito comum, hoje em dia o sonambulismo é caracterizado como uma variação do sono. Além disso, o sonambulismo é identificado pelo “vai-e-vem” da pessoa pela casa, e pode incluir também conversas. Isto, na maioria, acontece na primeira metade da noite. Pode durar pouco tempo ou pode durar 40 minutos. Contudo, pode ser tão longo que se repete ao decorrer da noite. Durante estes episódios, a pessoa apresenta uma redução do estado de alerta, um olhar vazio e uma relativa ausência de resposta à comunicação com outras pessoas.

Para quem não conhece, pode identificar se uma pessoa é sonâmbula, se a pessoa em questão: 
  • Sair da cama e caminhar pelo quarto 
  • Sentar-se na cama e abrir os olhos 
  • Apresentar expressão vaga nos olhos 
  • Fazer atividades rotineiras, como vestir, falar ou preparar um lanche 
  • Não responder ou não comunicar com os outros quando é chamada/o 
  • Ser difícil de acordar durante um episódio de sonambulismo 
  • Apresentar rápida desorientação ou confusão depois de ter sido despertado 
  • Voltar rapidamente ao sono 
  • Não se lembrar de absolutamente nada quando acorda normalmente de manhã 
  • Apresentar stress, mau humor e sono diurno em decorrência das perturbações durante a noite 
  • Apresentar terrores do sono
Raramente, uma pessoa com sonambulismo: 
  • Sai de dentro de casa 
  • Conduz 
  • Apresenta algum tipo de comportamento incomum, como urinar dentro do armário 
  • Tem relações sexuais sem estar consciente disso
  • Se atira das escadas ou de uma janela 
  • Adquire comportamentos violentos durante os episódios 
  • É violenta ou agressiva logo depois de acordar 
Como lidar com o sonambulismo?
Em primeiro lugar, é preciso respeitar a condição e levar o fenómeno a sério. Tratá-lo como uma brincadeira pode resultar em riscos desnecessários.
Para os pais que têm filhos nestas condições é importante saber que eles exercem um papel fundamental no cuidado com a criança. É preciso garantir que o ambiente do sono tenha pouca luz e não seja alvo de barulhos externos. Também devem ser evitadas as actividades com potencial de agitar o seu filho, como o uso prolongado de televisão, computador, telemóvel e videojogos.
Caso presencie a criança a caminhar pela casa durante à noite e fique com dúvidas no que fazer, existem médicos que indicam que acordar o sonâmbulo não é contra indicado, desde que ele seja direccionado até a sua cama ou acordado de forma bastante tranquila.
Lembre-se sempre que ao acordar a criança, ela/e estará num momento de confusão sem se lembrar do que estava a fazer.

Posto isto, é importante que:
  • Crie um ambiente seguro: tranque as portas e janelas antes de ir para a cama e retire do caminho objectos que podem provocar quedas. Camas do tipo beliche devem ser evitadas para crianças. É recomendável ainda obstruir o acesso a escadas. Lembre-se também de esconder objectos pontiagudos, como tesouras e facas.
  • Elimine o stress: episódios de ansiedade e insónia podem agravar o quadro de sonambulismo. Por isso, enfrente o distúrbio com uma rotina noturna mais relaxante. Antes de dormir, opte por actividades tranquilas, como meditar, ler ou mesmo tomar um banho quente e revigorante.
  • Discipline o seu sono: procure dormir de forma adequada todas as noites. Tente criar uma rotina, estabelecendo um horário para dormir e para acordar, procurando obter um padrão regular de sono. O quadro de sonambulismo pode ser motivado por fadiga e privação do sono.
  • Procure um médico: episódios frequentes aumentam os riscos de sonolência diurna excessiva ou de alguma lesão. Um especialista pode receitar medicamentos sedativos ou antidepressivos, reduzindo a ocorrência do fenômeno. O médico também investigará as causas do sonambulismo.
Mas o sonambulismo tem cura?
Infelizmente os cientistas ainda não encontraram solução para este distúrbio do sono, por isso o sonambulismo não tem cura, mas pode ser tratado. Em geral, o sonambulismo desaparece na adolescência, mas em caso da situação persistir, o melhor é procurar ajuda médica.

Para encontrar a solução do sonambulismo, pode começar por procurar um bom médico especialista no sono e marcar uma consulta. O médico irá fazer uma avaliação da saúde geral do paciente para poder notar qualquer distúrbio de saúde ou stress que estejam a prejudicar o sono. O segundo passo do médico é fazer um exame que se chama polissonografia. O médico precisa avaliar com que frequência ocorre o sonambulismo e quais são os riscos causados ao paciente. Nesse exame, o paciente utiliza diversos aparelhos enquanto dorme. Isso permite que o médico conheça as condições do sono do paciente e ajude a diminuir os comportamentos que podem causar o problema. Algumas vezes, não é preciso um tratamento mais profundo, apenas algumas mudanças de hábito do paciente.

Se for o caso de tratamento, um dos recursos é a medicação. Segundo médicos especialistas do sono, o tratamento pode ser feito com medicamentos que estabilizam o sono, que pode durar de três a seis meses. Normalmente, após o fim do tratamento, o paciente deixa de ter crises de sonambulismo.

Curiosidades
  • Um sonâmbulo pode, claramente, ser acordado.
  • Qualquer sonâmbulo entende orientações durante a crise.
  • Nenhum sonâmbulo, no dia seguinte, se lembra do que fez ou disse na noite anterior.
  • O sonambulismo não acontece todas as noites.
  • Nenhum sonâmbulo revela segredos durante este distúrbio.
  • Um indivíduo que sofra de sonambulismo não tem problemas para dormir.
  • Um sonâmbulo durante a crise, não age da mesma maneira quando está em estado normal.
  • Nem todos os sonâmbulos precisam de medicação.
  • O sonambulismo não tem cura.
  • Os sonâmbulos têm sempre os olhos abertos durante o episódio.
  • Alguns casos de sonambulismo revelam que estes comem durante este episódio, conduzem, fazem comida ao lume, vão passear pela rua e ainda têm relações sexuais com outras pessoas, sem se lembrarem.

18 de maio de 2015

Perigos do uso da pilula concepcional

segunda-feira, maio 18, 2015

A pílula anticoncepcional é um remédio à base de hormonas que deve ser tomado diariamente e tem 98% de eficácia contra a gravidez indesejada. Alguns exemplos de pílula anticoncepcional são Diane 35, Yasmin, Cerazete, e Novynette mas o ginecologista e o médico de família é que devem orientar a mulher para que esta saiba a pílula que deve tomar. 

Contudo, o uso correto da pílula tem algumas vantagens como por exemplo, regulação da menstruação, combate da acne, diminuição das cólicas e diminuição do risco de anemia devido a grandes perdas sanguíneas durante a menstruação, porque quem toma a pílula tem um fluxo menstrual menor.

Mas como todas as mulheres sabem, a pílula, apesar de todos os benefícios comprovados, traz também uma série de perigos que explicarei agora.
Assim, a pílula, pode provocar efeitos colaterais, como por exemplo:
  • Dor de cabeça;
  • Enjoos - principalmente nos primeiros meses de uso podendo, mesmo, levar a pessoa a vomitar várias vezes;
  • Aumento da retenção de líquidos;
  • Nódulos no fígado – devido à toma exagerada e seguida da pílula;
  • Alterações de humor;
  • O uso diário deste contraceptivo, durante anos, pode causar AVC’s.
  • Tromboses
  • Menstruação – em dias que não deveria acontecer;
  • Amenorreia – Ausência de menstruação;
  • Ganho de peso – Infelizmente, a pílula dá alguma vontade de comer e por isso, quem não souber controlar, acaba por ganhar uns quilos extra;
  • Redução do desejo sexual – embora os estudos revelem que este sintoma seja raro;
  • Infertilidade – Caso a toma deste contraceptivo seja exagerada e sem paragens;
  • Cancro;

Deixo aqui duas curiosidades sobre o tema em questão:
A pílula polui rios e afeta o meio ambiente 

A pilula não é usada apenas como anticoncecional 



12 de maio de 2015

L-Carnitina ajuda a perder peso?

terça-feira, maio 12, 2015

A L- Carnitina é uma substância que desempenha um papel importante no metabolismo da gordura, transportando os ácidos gordos de cadeia longa, para a mitocôndria, contribuindo assim para a combustão da gordura.

O metabolismo das gorduras nas células musculares pode ser melhorado com a ajuda da L- Carnitina. Desta forma, a energia produzida pelo músculo é também aumentada.

De qualquer das formas, o interesse da sociedade pela L- Carnitina tem aumentado de forma contínua, pois esta ajuda na perda de peso, mas o que a maior parte das pessoas não sabe é que a L-Carnitina está concentrada nos músculos - esquelético e cardíaco.

Esta serve para melhorar o condicionamento físico do indivíduo e ajudar a emagrecer, por facilitar o gasto da gordura acumulada durante a prática de exercícios físicos. Além disso, ela diminui o colesterol alto e os triglicerídeos, melhora o nível intelectual e fortalece o sistema imunológico.

Fontes de alimentos com L- Carnitina
Produtos de origem animal
  • Carnes vermelha e branca
  • Peixes
  • Leite
Forma de tomar L- Carnitina
  • Forma líquida
  • Cápsulas
  • Comprimidos

Contudo, recomenda-se tomar de 500 mg a 2 g de L-Carinitina por dia, de manhã ou antes dos treinos, sob orientação médica ou do nutricionista. Não há contra-indicações ao uso da L-Carnitina, porque esta não é uma substância tóxica. 

Mas, para quem não sabe, o corpo produz L-Carnitina naturalmente. Esse processo acontece através da Lisina, da Metionina, da Vitamina C, Vitamina B3, Vitamina B6 e do Ferro. Portanto, tecnicamente, ela não é considerada um "nutriente essêncial” mas esta não é produzida em grande quantidade. Por isso, para aumentar as suas potencialidades benéficas é recomendada a ingestão de suplementos com a substância.

Portanto, qualquer pessoa que queira começar a tomar L-Carnitina, não pode esperar que esta atue sozinha, porque apesar de ser eficaz, só o é com a prática constante de exercícios, uma dieta rígida e a ingestão correta da L- Carnitina.

11 de maio de 2015

FATSECRET: O que é e como funciona?

segunda-feira, maio 11, 2015


Com o Verão quase quase a bater à porta, começam as dietas, começam as idas ao ginásio, tudo para quando a época balnear arrancar estarmos prontos para deslumbrar na praia.

Contudo isto não é nada fácil, requer muito treino e rigor a seguir a dieta, caso contrário demora muito mais tempo até atingirmos a tal perfeição que tanto perseguimos. Pois bem, hoje o Saudavelmente dá uma ajudinha, um segredo vá, o “fatsecret”.

Mas o que é o FatSecret? Pois bem, trata-se de um ferramenta que se vai tornar no melhor amigo do leitor rapidamente! Podemos aceder pelo website www.fatsecret.pt, ou descarregar a aplicação móvel (disponível para iPhone, iPad, Android, BlackBerry e Windows).


O FatSecret permite calcular o número de calorias ingeridas ao longo do dia, basta só identificar o alimento consumido qualquer que ele tenha sido, desde marcas conhecidas até marcas pingo doce, continente ou marcas brancas, o FatSecret dá-lhe a informação com o máximo detalhe. Na eventualidade de não ter o alimento, facilmente se pode adicioná-lo. 

Mas a verdadeira beleza desta ferramenta é de facto quando nos registamos (registo gratuito), permite contabilizar as calorias que ingerimos diariamente, juntamente com os nossos programas de treino e como eles nos estão a ajudar a atingir os objectivos, dando-nos estatísticas que mostram a nossa evolução até atingirmos o nosso ambicionado objectivo, com exatidão e bastante facilidade em navegar no website e na aplicação mobile. Pode também interagir com a comunidade e receber ou dar dicas valiosas para alcançar o seu objectivo. 

O fatsecret também tem receitas maravilhosas e saudáveis. 

Dê uma olhadela em www.fatsecret.pt para mais informações.

8 de maio de 2015

Acne - Causas, sintomas e Tratamentos

sexta-feira, maio 08, 2015
O que é ?
O Acne é popularmente conhecida como "espinha". Este é uma inflamação do folículo pilossebáceo. É através deste folículo que o sebo faz o seu percurso das glândulas sebáceas (onde é produzido) até a pele.
É, também, uma doença de pele vulgar, caracterizada por áreas de vermelhidão e crostas, pontos negros e brancos, pápulas, espinhas ou borbulhas e cicatrização cutânea. É uma condição da pele que ocorre quando os folículos pilosos da pele ficam obstruídos por sebo e células mortas, ficando colonizados por bactérias que geram inflamação. 
O Acne mais comum aparece no rosto, pescoço, peito, costas e ombros.

Tipos de Acne
Acne do Recém-nascido - Os recém-nascidos desenvolvem acne leve, pois certas hormonas são passadas para eles através da placenta pelas mães, pouco antes do nascimento. 
Também pode existir stress do parto que faz com que o bebé liberte hormonas. Estas marcas do acne, por ser um acne leve, desaparece rapidamente. 

Acne Infantil -  Entre os três meses e um ano e meio de idade pode desenvolver-se acne podendo aparecer pontos negros e espinhas. Nenhum destes tipos de acne deixam marcas porque a pele ainda se vai modificar nesta idade. A causa é a libertação elevada de níveis hormonais. 

Acne Vulgar - Este é o tipo mais comum do acne aparecendo apenas em adolescentes e adultos. 

Acne Cística - Este acne é um tipo de acne mais raro. Ocorre, na maior parte das vezes em adolescentes de sexo masculino evidenciando-se no rosto, costas, peito, braços, e coxas. É um acne mais difícil de tratar e quase sempre deixa cicatrizes. 

Acne Fulminante - É uma forma grave de acne que ocorre mais em meninos adolescentes. No acne fulminante, um grande número de espinhas desenvolve-se muito rapidamente nas costas e no peito. Essas espinhas muitas vezes deixam cicatrizes graves. Pessoas com acne fulminante muitas vezes sofrem com febre, dor muscular e óssea.

Causas 
A acne mais comum é o tipo que se desenvolve durante a adolescência, onde as principais causas são: 
  • A puberdade, que faz com que os níveis hormonais fiquem elevados, especialmente a testosterona. Estas hormonas estimulam as glândulas da pele, que começam a produzir mais óleo (sebo). 
  • A superprodução de sebo na pele e a concentração de células mortas nos folículos pilosos da pele. Esses fatores resultam em obstrução, com acumulo de bactérias e inflamação. 
Os folículos pilosos estão ligados a glândulas sebáceas, que escondem uma substância oleosa, conhecida como sebo, para lubrificar o seu cabelo e pele. Quando o corpo produz uma quantidade excessiva de sebo e células mortas da pele, os dois podem se acumular nos folículos pilosos, criando um ambiente onde as bactérias podem prosperar. 

Esse cenário pode fazer com que o folículo se torne inchado e inflamado, acumulando pus, formando a espinha. Também pode acontecer de o folículo se abrir e escurecer, gerando um cravo. 

A acne piora com: 
  • Hormonas, que aumentam em meninos e meninas durante a puberdade, fazendo as glândulas sebáceas ampliarem e produzirem mais sebo. Alterações hormonais relacionadas com a gravidez e o uso de contracetivos orais também pode afetar a produção de sebo.
  • Certos medicamentos, como os corticoides, andrógenos ou a base de lítio são conhecidos por causar acne.
  • Fatores dietéticos, incluindo ingestão excessiva de produtos lácteos e alimentos ricos em carboidratos - como pães, biscoitos e batatas fritas - pode desencadear acne.
Mitos 
Quase todos os adolescentes deixam de comer chocolate porque pensam e ouvem que isso afeta a acne. Mas é totalmente mentira. Alimentos gordurosos e chocolate têm pouco ou nenhum efeito sobre o desenvolvimento ou curso da acne. 

Também se diz que se deve lavar a cara com sabonete neutro para retirar o lixo que provoca acne, mas também não é uma teoria inteiramente correta. A acne não é causada pela sujidade. Na verdade, esfregar a pele com muita força ou a limpeza com sabonetes abrasivos e produtos químicos irrita a pele e pode piorar a acne. Fazer uma simples limpeza da pele para remover o excesso de óleo e células mortas é tudo o que é necessário.

Sintomas 
A acne desenvolve-se mais na cara, pescoço, peito, ombros e costas e pode variar de leve para grave. 
Existem certos tipos de acne que podem durar meses, anos ou, infelizmente, a vida toda. 
Geralmente, a acne provoca apenas espinhas e cravos. Às vezes, pode evoluir para cistos e nódulos. As lesões císticas são espinhas que são grandes e profundas, muitas vezes dolorosas e que podem deixar cicatrizes na pele. 
A acne pode levar à baixa autoestima e, por vezes, á depressão. Essas condições necessitam de tratamento, juntamente com o da acne em si.

Tratamento Médico 
Especialistas que podem diagnosticar e tratar acne são: 
  • Dermatologistas 
O dermatologista fará um exame físico e irá perguntar sobre o seu histórico médico. Na maioria das vezes, não serão feitos testes especiais para acne. Pode ser que o médico peça outros exames, se suspeitar que a acne é um sintoma de outro problema médico. 

O tratamento da acne inclui: 
  • Cremes tópicos de venda livre 
  • Cremes tópicos disponíveis com prescrição 
  • Antibióticos, que podem ser combinados com outros produtos tópicos ou orais 
  • Contracetivos orais 
  • Isotretinoína oral 
  • Procedimentos cosméticos
Tratamentos Caseiros 
Deixo aqui duas receita caseira para o tratamento da acne. 

CREME DE PEPINO
Ingredientes: 
  • Um pepino 
  • Uma colher de sopa de açúcar mascavado 
Preparação: 
  • Cortar o pepino em rodelas e amassar bem até virar um creme, coar e juntar o açúcar. Misturar bem. 
  • Passar no rosto e no resto das áreas em que houver acnes. 
  • O Pepino também é indicado para melhorar a pele de modo geral, fazendo-se compressas com o pepino, a pele fica tonificada, sem manchas e até previne o surgimento de rugas. 
COMPRESSA DE SALSA 
Ingredientes: 
  • Meio litro de água 
  • Três colheres de chá de folhas de salsa
Detalhe: as folhas devem ser bem picadas 

Preparação: 
  • Ferver a água, desligar o fogo e acrescentar a salsa. Deixar abafado por dez minutos, coar e deixar esfriar. 
  • Quando esfriar, umedeça compressas de algodão ou compressas de gaze e coloque no rosto e nas áreas afetadas.

4 de maio de 2015

Raquitismo: Causas, Sintomas e Tratamentos

segunda-feira, maio 04, 2015
Caracteriza-se por malformação óssea que atinge bebés e crianças devido à deficiente calcificação.
A carência em vitamina D compromete a formação dos ossos e das cartilagens retardando o crescimento e raramente há uma cura absoluta.
Estas crianças chegam à idade adulta sempre com sequelas, com uma estatura baixa das pernas, com aspecto arqueado.

Sintomas
Os primeiros sinais de raquitismo só são detectados quando a criança começa a andar. Os sintomas principais são sudação profusa, as deformidades ósseas, especialmente as epífises dos ossos longos e pernas em arco.

Tratamento
A medicina convencional receita muitas vezes óleo de fígado de bacalhau e suplementos vitaminicos ricos em vitamina D. A prevenção do raquitismo faz-se pela exposição aos raios solares e uma alimentação rica em leite, ovos, cereais integrais, frutas, legumes, mel e levedura de cerveja. A prevenção tende a impedir a progressão da doença e a diminuir-lhe os efeitos.

Nota: Em substituição do óleo de fígado de bacalhau, pouco tolerado pelas crianças devido ao seu gosto activo, como prevenção do raquitismo, é muito bom dar às crianças uma mistura de mel com manteiga.
  • Receita: Misturam-se duas partes de manteiga e uma de mel, bate-se bem a mistura até formar uma pasta. Barra-se o pão com este preparado e as crianças comem com prazer.

Tratamentos Naturais
Hortaliças
  • Couve e Cenoura: Misture-os e inclua-os na alimentação.
  • Agrião: Faça um sumo de agrião e dilua-o em água- Tome 250 ml de manhã em jejum.
  • Alcachofra: Duas vezes por semana inclua esta hortaliça na alimentação da criança.
  • Rábano: Deverá tomar um copo de sumo de rábano diluído, 2 vezes por dia.
  • Tomate: Deve incluir na alimentação, na forma de salada e também pode fazer sumo de tomate e tomar cerca de meia hora antes do almoço, 250 ml de sumo.
Frutas
  • Laranja-Lima: Faça uma refeição exclusiva desta fruta, 3 vezes por semana.
  • Castanha do Pará: Ingerir 4 unidades junto às refeições.

Popular

Follow by Email